segunda-feira, 26 de setembro de 2016

ASPROLF


ASPROLF convida os trabalhadores para o debate com os candidatos a prefeitura de Lauro de Freitas dia 29/09/2016 às 9h na AFPEB e o FÓRUM às 14h na AFPEB.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Secretaria Executiva da CSP-Conlutas publica nota política e convoca participação no dia 22 e fortalecimento do dia 29 como preparação da Greve Geral




A Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas reunida na última sexta-feira (16) aprovou uma nota com seu posicionamento político para a situação nacional e a participação nas lutas do dia 22 e fortalecimento do dia 29 como um dia nacional de paralisação contra a reforma da previdência e a reforma trabalhista, rumo à Greve Geral.

Abaixo:

Todos às ruas rumo à Greve Geral!

Contra as Reformas da Previdência e Trabalhista;

Contra o PL 257, a PEC 241 e o PL 4567;

Fora Temer e todos os corruptos e reacionários do Congresso!

Estamos diante de um novo momento na conjuntura e na luta de classes, pós-impeachment de Dilma. Esse cenário abriu e já vem concretizando a possibilidade de realizarmos unidades de ação na luta contra as reformas e pelo “Fora Temer” e está atravessado por lutas e greves importantes como a de Bancários, trabalhadores dos Correios e Petroleiros. De nossa parte, seguiremos tendo iniciativas e participação nessas ações agregando também o “Fora todos os corruptos e reacionários do Congresso” e buscando canalizar todo esse processo a serviço da construção da Greve Geral.

No marco das vitórias que acumulamos com a realização da jornada nacional de 12 a 15 de setembro, com o funcionalismo público à frente, juntamente com vários outros setores de nossa classe – a partir da armação da Central e de suas entidades filiadas –  realizaram uma forte manifestação que teve como eixo a luta contra o PL 257 e a PEC 241, bem como incorporou-se com força a linha do “Fora Temer”, mas que não possibilitou às organizações ligadas ao PT transformá-la em um ato a seu serviço da política da Frente Brasil Popular.

Nossa tarefa, agora, é participar das ações do dia 22 e intensificar a construção do dia 29 como um dia nacional de paralisação contra a reforma da previdência e a reforma trabalhista, rumo à greve geral. Apoiados na convocatória metalúrgica – paralisação nacional contra as reformas trabalhista e previdenciária – buscaremos aprovar, em todas as entidades e categorias que atuamos,  a adesão e participação efetiva na paralisação do dia 29.09.

Nessas ações ordenaremos nossa linha centralmente à serviço da construção da greve geral adotando palavras de ordem com os eixos: Contra as Reformas da Previdência e Trabalhista; Contra o PL 257, a PEC 241 e o PL 4567; Fora Temer e todos os corruptos e reacionários do congresso!

Apoiados nas manifestações chamadas para o próximo dia 22, no importante chamado à Paralisação Nacional dos Metalúrgicos no próximo dia 29 e nas deliberações da Plenária Nacional da entidades do Funcionalismo Público, reiteramos nosso chamado à todas as Centrais Sindicais e demais organizações do movimento popular e estudantil à construção de uma ação unitária nacional rumo à Greve Geral e apontamos o mês de outubro como indicativo de sua realização. Seguiremos, assim, tendo iniciativas de articulação com todos os setores para sua concretização.


Nossa disposição nessa construção estará orientada pela construção da mais ampla unidade de ação, autonomia absoluta para defesa e expressão de nossa política e independência frente aos blocos burgueses capitaneados pelo PSDB, PT e PMDB. Preservado esse caráter, inclusive, poderemos participar de outros atos e manifestações como, por exemplo, o que ocorrerá no próximo dia 18 em São Paulo. De outra parte, visando atuar com esse mesmo critério, não participaremos de atos convocados “contra o golpe” ou para a defesa de Lula que implique diretamente em sua estratégia para as eleições de 2018.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

DEBATE COM OS PREFEITURÁVEIS



Hoje, dia 16 de setembro, foi o fechamento do ciclo de debates de prefereituráveis de Lauro de Freitas, promovidos pelo ASPROLF-Sindicato, tendo como mediador o Professor Garrido.
O debate de hoje teve a falta de energia que trouxe como consequência ficar sem aparelhos de som por um bom tempo, essa dificuldade foi superada.
O debate prolongou-se porque a candidata Moema Gramacho aceitou responder as perguntas extras, já que houve inscrições acima de dois blocos, foi criado um terceiro bloco, depois da devida consulta a assessoria da candidata.
Foi um debate muito movimentado no qual a categoria pôde fazer questionamentos e obter suas respostas.
Com esse debate, o sindicato conclui essa etapa e cumpre com a determinação vinda da categoria.
Agora, e até como resultado desse debate, essa entidade está buscando uma data para o debate reunindo a um só tempo os candidatos e a candidata.
Em tempo, informaremos sobre como está avançando a possibilidade desse encontro de prefeituráveis

O momento mais comemorado nos debates, foi quando cada candidato devolveu a coordenação executiva do ASAPROLF, a carta compromisso assinada.


 Sra. Moema Gramacho assinando a carta compromisso. 

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

DEBATE COM OS PREFEITURÁVEIS



Hoje, dia 14 de setembro, teve início a série de debates de prefeituráveis com a categoria de educadores e educadoras de Lauro de Freitas. 




Pela manhã, tivemos o candidato Matheus Reis, do PSDB,

Matheus Reis, do PSDB




























Pela tarde tivemos o candidato Chico Franco, do DEM. 

Chico Franco, do DEM.










O formato diferente, no qual o candidato tem muito tempo de fala, no início gerou certa estranheza, mas depois de assimilado, houve uma forte participação dos presentes.

Na abertura, o candidato tem 10 minutos para se apresentar, posterior há dois blocos de 35 minutos, sendo 10 minutos para perguntas e 25 minutos para a resposta, no final o candidato ainda teve 5 minutos para suas considerações finais.

Nesse formato, o candidato teve tempo para expressar seu pensamento sobre a educação no município e como esse importante setor será tratado no seu governo, em caso de eleição do mesmo.


O ASPROLF, marcou sua presença nessa eleição trazendo os candidatos para uma conversa aberta com a categoria.

Na próxima sexta-feira, dia 16 de setembro, será a vez da candidata Moema Gramacho, às 9 horas da manhã, na Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia.

O momento mais comemorado nos dois debates, foi quando cada candidato devolveu a coordenação executiva do ASAPROLF, a carta compromisso assinada.

  Sr. Mateus Reis, assinando a carta compromisso


 Sr. Chico Franco, no momento da leitura da carta compromisso.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

O ASPROLF sindicato parabeniza os profissionais em educação de Lauro de Freitas



A luta por melhoria das condições de trabalho, carreira e a reserva de carga horária, é fundamental para a qualidade de vida dos nossos trabalhadores (as), e com resultados positivos na aprendizagem dos nossos estudantes. 
O ASPROLF sindicato, parabeniza os educadores pelo alcance da meta do IDEB, na rede de ensino em Lauro de Freitas.  




É com muito pesar que o ASPROLF sindicato noticia o falecimento de Ana Paula Motta Batista, o sepultamento ocorreu as 15:30 no Bosque da Paz.